Início » Bancos mais e menos transparentes na hora de conceder crédito

Bancos mais e menos transparentes na hora de conceder crédito

postado Assessoria Igor

Um novo ranking sobre transparência de bancos na concessão de crédito colocou o Itaú em primeiro lugar, seguido de Nubank e Banco do Brasil. Na outra ponta, Santander, Caixa e C6 aparecem como os menos transparentes.

O ranking foi elaborado pelo Alt.bank, fintech fundada no Brasil pelos controladores do grupo britânico DigiCash e que se propõe a promover a inclusão bancária a partir de uma relação financeira “justa” com os clientes. A fintech já foi selecionada para integrar o laboratório de inovação social do Banco Central, o Lift Lab.

No ranking, os bancos foram analisados pela forma como comunicam as informações sobre as taxas cobradas nos produtos de crédito e também sobre como lidam com as reclamações recebidas após a contratação.

O ranking foi elaborado a partir de dados públicos divulgados pelas instituições, pelo Banco Central e também de reclamações e tempo de resposta no Reclame Aqui.

O levantamento analisou o comportamento pré e pós venda de 17 bancos, dentre privados, públicos e fintechs. Para eliminar distorções, o Alt.bank avaliou dados do terceiro trimestre do ano passado e comparou com informações do segundo trimestre deste ano.

— Nosso objetivo principal é conscientizar sobre a importância da transparência bancária para que os indivíduos sejam bem informados e tomem decisões certas sobre sua saúde financeira — diz o diretor da Alt.bank no Brasil, Fabio Silva.

O Alt.bank não entrou no ranking. O banco lançou em julho seu cartão de crédito sem taxa de juros e somava 300 mil clientes em lista de espera na época. O banco não revela quantos clientes foram aprovados até o momento. No lugar dos juros, o cartão do Alt.bank condiciona o limite a uma espécie de poupança, que rende 100% do CDI diariamente. O cliente pode pagar a fatura com outros fundos e manter o dinheiro rendendo. E se não pagar, o saldo é debitado do investimento.

Fonte: OGlobo

www.contec.org.br

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas