Início » BB anuncia medidas de reforço no atendimento de saúde e apoio psicológico

BB anuncia medidas de reforço no atendimento de saúde e apoio psicológico

postado Assessoria Igor

O Banco do Brasil ampliou as medidas de acolhimento aos funcionários e seus dependentes impactados pela calamidade no Rio Grande do Sul. As novas ações englobam auxílio-moradia emergencial, garantia de recebimento integral da PLR, priorização nos atendimentos da Cassi, reforço do apoio psicológico, inclusive a dependentes, flexibilização em operações vigentes de CDC e Empréstimo Simples da Previ, além de novo calendário para as certificações.

Os funcionários que estejam impedidos de permanecer em suas casas em decorrência da calamidade pública podem contar com auxílio-moradia de até R$ 2.750 por mês, considerando prazo de 90 dias. Os parâmetros estão detalhados na IN 365-1.3.3.14.

Foco na saúde

A iniciativa traz ainda um olhar com foco na saúde física e mental de funcionários e de seus familiares. A telemedicina da Cassi está preparada para oferecer atendimento prioritário aos participantes do Rio Grande do Sul, especialmente àqueles em situação delicada de saúde, que estejam em home care, tenham mais de 60 anos ou realizem tratamento oncológico, por exemplo.

Além disso, os colegas do estado passam a contar com atendimento psicológico prioritário e ativo pelos psicólogos da Cassi. Já a parceria do Banco com a Wellz inclui atendimento psicológico por 3 meses para até 2 dependentes maiores de 18 anos.

As novas ações foram definidas durante reunião da Diretoria Executiva com o Fórum Tático Operacional do Rio Grande do Sul (Fotao RS), formado por lideranças dos órgãos regionais do BB no estado, e que também contou com a participação de outros colegas do RS.

As medidas de apoio aos colegas do Rio Grande do Sul em situação de extrema vulnerabilidade fazem parte da responsabilidade e da solidariedade humanitária que têm pautado as decisões do Conselho Diretor. O Banco tem atuado para que os funcionários possam, de forma efetiva, superar esse momento de calamidade. O acolhimento das pessoas e o acompanhamento permanente da situação na região permanecerão pelo período que for necessário. Esse é um compromisso do BB com cada colega que precise de apoio.

Durante a reunião, os colegas gaúchos compartilharam o quanto a solidariedade vinda de todos os lugares do país tem sido fundamental para que as pessoas possam se restabelecer.

PLR, crédito e capacitação

O acompanhamento do Conexão das dependências e carteiras das regiões afetadas também esteve na pauta do encontro. Serão atribuídos 1.000 pontos no Conexão para todos os prefixos do RS, garantindo o recebimento da PLR integral aos colegas.

A partir desta segunda-feira, 20, está suspenso o débito das parcelas de operações de CDC por 2 meses. A medida beneficia 4 mil funcionários da ativa e aposentados residentes nos municípios em estado de emergência e/ou calamidade e as parcelas com débito suspenso serão transferidas para o final do cronograma, sem gerar ônus financeiro.

A solução será implementada de forma automatizada, e será estendida aos clientes dos municípios afetados. O Banco promove comunicação dirigida às pessoas atendidas, que podem optar por manter a operação atual sem a suspensão dos débitos. Confira os detalhes no artigo 8167 no Portal da Rede.

Funcionários da ativa e aposentados contam ainda com carência de até 180 dias para pagamento da primeira parcela na renovação e contratação de CDC salário Funci.

Já a Previ oferta aos participantes do RS a possibilidade de suspender as parcelas de contratos de Empréstimo Simples (ES), vigentes em 30 de abril, nas modalidades ES Rotativo e ES Finimob. Confira os detalhes.

Para permitir que todos os funcionários tenham a oportunidade de prepararem-se para o Programa Certificação de Negócios, o cronograma de abertura do certame e realização das provas foi ajustado. Confira:

Em relação às certificações de investimentos (CPA 10, CPA 20 e CEA), dos funcionários do Rio Grande do Sul, a Anbima prorrogou automaticamente o prazo de vencimento previsto entre 6 de maio e 6 de setembro para 6 de outubro.

Próximos passos

A Diretoria Executiva segue mobilizada em prol de soluções voltadas para o Rio Grande do Sul e avalia a implementação de novas medidas de acolhimento para o público interno.

A Rede Gepes está em contato direto com todos os funcionários impactados, prestando apoio e assessoria para cada um deles, de forma individual e de acordo com as necessidades. São 17 equipes mobilizadas para auxílio aos colegas e orientações aos seus respectivos gestores.

Caso outros colegas ou colaboradores necessitem de acolhimento em decorrência das enchentes, a Gepes Atendimento está de prontidão. As linhas telefônicas disponibilizadas são: 61 4003-5291 (capitais), 0800 88 15291 (outras regiões), além do WhatsApp BB Funci.

Estão acontecendo também ações voluntárias e coletivas, organizadas espontaneamente entre funcionários e terceirizados para arrecadar recursos e distribuí-los entre os colegas e colaboradores impactados.

Há o Pix Solidário RS que já conseguiu ajudar mais de 300 pessoas e você pode contribuir doando por meio da chave Pix sosfuncisbb.rs@gmail.com até sexta-feira, 24. A conta está em nome de Nádia Brugnara Soares, gerente geral da Gepes Rio Grande do Sul. Outras ações de voluntariado estão fase de formulação no âmbito do Programa do BB para ampliar o apoio ao estado.

Fonte: BB

www.contec.org.br

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas

Bem vindo!

Instale o app da Contec Brasil no seu Iphone {{ICON_INSTALL}} e depois {{bold}} adicione à tela inicial {{/bold}}
×