Início » Justiça afasta presidente da Previ após ação de deputado estadual

Justiça afasta presidente da Previ após ação de deputado estadual

postado Assessoria Igor

O juiz substituto da 1ª Vara Federal do Distrito Federal, Marcelo Gentil, determinou na quinta-feira (25) o afastamento provisório de Fukunaga, do presidente da Previ, o fundo de previdência dos funcionários do Banco do Brasil (BB).

A decisão foi dada em ação popular do deputado estadual de São Paulo Leonardo Siqueira (Novo). Na ação, o parlamentar questiona a trajetória profissional de Fukunaga e sua capacidade de exercer o cargo.

Marcelo Gentil suspendeu os efeitos do atestado de habilitação emitido pela Previc em favor de Fukunga.

Na época em que a ação foi impetrada, o deputado Leonardo Siqueira afirmou à CNN que Fukunaga não possui qualificações técnicas para gerir o fundo responsável pela previdência dos funcionários do BB. Segundo ele, esse é a principal justificativa para ter entrado com a Ação Popular

O deputado destacou que o indicado possui um histórico sindicalista e disse temer que decisões políticas fossem tomadas durante sua administração.

Procurado pela CNN, a Previ defendeu que a indicação passou pelos ritos de governança.

“Ressaltamos que a indicação do presidente da Previ transitou por todos os ritos de governança, inclusive com decisões colegiadas, inicialmente no patrocinador, BB, e depois pelos ritos de governança da Previ e da Superintendência Nacional de Previdência Complementar, a Previc. A habilitação de João Fukunaga pela Previc dentro dos prazos previstos atesta o cumprimento de todas as exigências regulatórias para sua posse e comprova a conformidade exigida para o exercício do cargo.”

Fonte: CNN

www.contec.org.br

Deixe um Comentário

Notícias Relacionadas

Bem vindo!

Instale o app da Contec Brasil no seu Iphone {{ICON_INSTALL}} e depois {{bold}} adicione à tela inicial {{/bold}}
×